A sensação de acolhimento toma conta de quem visita as instalações da 22ª edição da Casa Cor Rio de Janeiro, que vai até o dia 19 de novembro em um casarão da Avenida Rui Barbosa, no Flamengo. E propositalmente, o local que sedia o maior evento de Arquitetura e Interiores do Estado, abrigou originalmente o Hotel Balneário Sete de Setembro, erguido em 1922 pela Prefeitura do Rio em comemoração ao centenário da Independência do Brasil, o que confirma a vocação da cidade para receber as pessoas.
De frente para uma das paisagens mais conhecidas da cidade- o Pão de Açúcar- o prédio em estilo eclético, com pé direito altíssimo, janelas e varandas amplas, também sediou no passado o Internato da Escola de Enfermagem Anna Nery e a Casa do Estudante Universitário. Fotos espalhadas pelos 52 ambientes em uma área de 4 mil m² mostram o antes e o depois de áreas que estavam bastante deterioradas e  foram transformadas pelos 80 arquitetos, decoradores e paisagistas que participam da exposição. A grande sacada dos arquitetos no projeto, como um todo, foi valorizar as marcas deixadas pelo tempo, seja nas paredes descascadas, nos tijolos e vigas aparentes, ou na madeira dos pisos desgastada por quase um século de uso.
A mostra antecipa uma nova forma de morar e viver, cada vez mais comum nas grandes cidades: os prédios mistos, que reúnem em um mesmo empreendimento espaços para moradia, entretenimento, beleza, escritórios, áreas gourmet, entre outros.

fachada casa cor

Com o tema ‘A arte de receber bem’, a Casa Cor Rio 2012 foi sediada em um prédio erguido em 1922, que abrigou o Hotel Balneário Sete de Setembro.

 

recepção casa corEquilíbrio no uso do vidro
O que se percebe na mostra não é o uso exagerado do vidro, e sim um contraste interessante que existe entre a arquitetura do casarão e a modernidade.
Já na entrada, espelhos e vidros tomam conta dos quatro cantos do Lobby/Recepção, projeto assinado por Pedro Paranaguá, que tem 82 m2. O balcão tem vidros preto e transparente. Os aparadores, também em vidro, assinados pela designer Jaqueline Terpins, são da Finish. Um antigo elevador em ferro foi envolvido em vidro, que oscila entre o transparente e espelhado. O ambiente, patrocinado pela Guardian, leva a marca do seu espelho e também dos vidros DecoCristal, Ebony DiamondGuard (versão 2.0) e UltraClear.

cocktail barNo Cocktail Bar, idealizado por Paola Ribeiro, o vidro espelhado aparece no teto e bancada.

 

 

 

 

 

 

estudio do chefEm sua segunda participação na Casa Cor, Thoni Litsz, assina o Estúdio do Chef, feito para um jovem solteiro que tem a gastronomia como hobby. No espaço, dividido em cozinha gourmet e um quarto, predominam os tons de azul, cinza e pérola. Em frente, uma bancada azul em vidro temperado resistente a calor divide o ambiente entre estar e cozinha. A tv fica em um painel suspenso horizontal de vidro, lançamento da marca Cinex.

 

estudio marchandNo projeto do Estúdio do Marchand, idealizado por Mário Santos, Eliane Amarante e Denise Niemeyer, as portas de vidro preto abrem para o quarto e sala, dando amplitude ao ambiente, que tem apenas 50m².
Um armário de madeira com portas de vidro também se destaca na decoração.

 

 

 

Um dos ambientes da Casa Cor que mais chama a atenção em função da ousadia é o Flat do Jornalista, projeto do arquiteto Caco Borges. Ele se inspirou no jornalista e produtor musical, Nelson Motta para criar uma moradia em que predomina tecnologia de ponta em aúdio, vídeo e iluminação, com sistema de automação comandado por IPad e IPhone. Para aumentar o espaço em 30 m² ele criou mezaninos com piso de vidro laminado transparente de 20 mm que permitem que as pessoas possam ver da parte de baixo o ambiente que fica em cima, e vice-versa. Ferragens da Rollit reforçam a estrutura dos guarda-corpos, produzidos com vidro temperado UltraClear da Guardian, de 12 mm. Com dois pavimentos- living, copa e escritório no primeiro e quarto e banheiro no segundo, os espaços tem armários e marcenaria com vidro colorido. Bancadas com vidro acidado colorido e frisado da Cinex também fazem parte do projeto. O flat é o ambiente em que o vidro mais aparece. Caco também utilizou na decoração, o Cristal DiamondGuard, espelho, box espelhado e o SunGuard Neutral 14 On Clear, todos da Guardian. A Vidraçaria Maracanã fez a instalação dos vidros em 8  ambientes da mostra, sendo que em três deles estabeleceu parceria com a Guardian.

flat do jornalista

Flat do Jornalista chama atenção em função de sua ousadia.