A 9ª edição da mostra de decoração reuniu mais de cem profissionais, entre arquitetos, decoradores e paisagistas, que juntos projetaram 74 ambientes na sede da Pequena Cruzada, no Rio de Janeiro. A equipe de reportagem da revista Sincavidro foi visitar o espaço e constatou que a maioria dos espaços continha vidro em sua composição. Confira alguns deles, a seguir:

 

Quarto da MoçaQuarto da Moça
Andréa Silveira e Rose Camacho projetaram o quarto da moça para um público que vai dos 15 anos até a idade em que a visitante se encaixar. O projeto surgiu da ideia do reaproveitamento dos espelhos, que formaram um mosaico na cabeceira da cama e atraíram bastante a atenção do público.

No total, foram usados 4,5 m² de vidro no ambiente. O espelho tem espessura de 8 mm, e o nicho e a prateleira de vidros são de vidro comum, incolor, lapidado e colado com UV.

 

Quarto Standard HotelariaQuarto Standard Hotelaria
Projetado por Bianca Pesce, o quarto de hotel foi decorado com produtos exclusivamente brasileiros. Apesar de não trabalhar frequentemente com vidros, a arquiteta optou por usar dois grandes espelhos em seu ambiente.

 

 

Quarto do Studio ContemporâneoQuarto do Studio Contemporâneo
O espaço foi projetado para um rapaz carioca, descolado e que aprecia a mistura de estilos, por esse motivo, as designers Rosa Prado e Ana Valpaços mesclaram funcionalidade, modernidade, praticidade e contemporaneidade ao ambiente.
O vidro se faz presente nas portas de correr do armário, no qual uma TV de LCD está presa em uma das portas, e na bancada do quarto. “Usamos vidro Reflecta nas três portas do armário, cada porta tem 2.35 x 1.00m com espessura de 4mm; vidro comum de 4 mm, na mesa de estudo; vidro de 10 mm de espessura com película preta aplicada sobre a bancada; vidro comum de 8 mm, no banheiro, separando a área molhada; e espelho de 3 mm no banheiro”, especifica Rosa.

Quarto da Família ModernaSala da Família Moderna
Com apenas 2,40 m² de vidro, a sala projetada por Rodrigo Rangel chama a atenção pelo contrate entre o rústico e o moderno. Para desenvolver o espaço, o arquiteto pensou em uma família carioca moderna e jovem.

No chão foi usado piso vinílico com aparência de demolição, o que possibilita um contraste interessante com o vidro temperado 12 mm usado na mesa do escritório e o espelho laminado de cristal de 4mm, de 1 m², aplicado sobre a moldura de madeira.

 

Apartamento da Família SC JohnsonApartamento da Família SC Johnson
O arquiteto Fábio Gambôa projetou o espaço de 46 m² para um casal jovem, sem filhos, com uma jornada de trabalho grande. No total, foram usados 21,125 m² de vidro, que foram cedidos pela New Temper e trabalhados pela Fitvidros.
O vidro comum lapidado 15 mm está presente nas mesas de cabeceira, nas divisórias do banheiro e na mesa de jantar. “Costumo dizer que vidros e espelhos são os melhores amigos de todo arquiteto.

O vidro, quando usado com inteligência e destreza agrega muito à arquitetura em todas as suas escalas”, conta Gambôa.

 

Estúdio SustentávelEstúdio Sustentável
O espaço de 32 m², projetado pela arquiteta Danielle Sabino, reúne sala, quarto, cozinha, banheiro e uma área de escritório. Ao todo, foram usados 20 m² de vidro. “O vidro é um material que traz uma sofisticação para o ambiente, e também uma leveza. Se a gente fosse colocar uma TV de 72 polegadas, ia ficar uma coisa muito pesada, muito grande. Então, com a tela as pessoas nem percebem que tem uma TV ali realmente”, explica Danielle. O vidro da tela é temperado incolor, de 4mm.
O ambiente ainda possui uma porta de correr, que separa a sala do quarto, de vidro italiano em processo de oxidação interna, o que proporciona o aspecto de rajadas brancas no vidro. E o espelho da Guardian, de 4mm, dá amplitude ao ambiente.

 

Estúdio da MulherEstúdio da Mulher
Com apenas 25 m², o espaço projetado pela Arqde Arquitetura e Design foi pensado para uma mulher atual, que gosta de praticidade, charme e conforto. No espaço foram usados 9 m² de vidro, entre espelhos e um vidro de 8 mm como lateral do armário. “Optamos por utilizar espelhos no ambiente, pois queríamos que o público tivesse a sensação de amplitude e profundidade já que o espaço tinha apenas 25m². O vidro, como material translucido e resistente, na espessura usada, serviu como lateral do armário para não interrompermos a continuidade da bancada nos dois usos (penteadeira e armário)”, explica Juliana.

 

Sala Versátil da FamíliaSala Versátil da Família
Ricardo Leão e Rosalina Monteiro pensaram em um ambiente para integrar a família. A sala de 25 m² tornou-se um espaço arejado, moderno e funcional.
O vidro se faz presente na lâmina de projeção da TV e do DVD, constituída por um vidro duplo laminado liso 6 mm + 6 mm e lapidado nas bordas. A substituição do aparelho de TV pela placa de vidro proporcionou leveza ao ambiente e versatilidade na visualização das imagens, que podem ser assistidas nos 360° da sala. Além disso, um espelho de 3 m² foi colocado na sala de jantar para dar amplitude.