O Grupo Paris, presente há 30 anos no Rio de Janeiro, está em fase de plena expansão, com ampliação de sua sede e investimentos em suas unidades produtivas (vidro e alumínio), instaladas em terrenos ligados entre si. A história da empresa mostra que é possível se diferenciar dos concorrentes em um mercado altamente competitivo.
O gerente de Marketing, Thiago Nascimento, conta como foi o início: “Começamos em 1982, apenas com a fábrica de vidro. A maior mudança ocorreu em 1998, com a instalação da fábrica de esquadrias de alumínio, que foi uma grande vantagem para os nossos clientes, que a partir de então puderam ser atendidos integralmente em seus projetos pela mesma empresa, evitando o stress que era rotineiro no passado e que ainda vemos presente no setor.” O gerente refere-se aos prazos do fornecedor de alumínio, conflitando com os prazos do fornecedor do vidro ou, quando algo dá errado na obra, com uma parte tentando jogar a culpa para a outra, gerando conflitos insolúveis.
Atualmente, o grupo emprega 250 colaboradores. Seu parque industrial, localizado em Jacarepaguá, foi construído em vários terrenos ligados entre si que totalizam 11.500 m² e tem 5.500 m² de área construída, que em breve será ampliada em mais 3 mil m². O local vai abrigar a nova sede comercial, um novo prédio de quatro andares que já está sendo construído, além de um novo galpão que será anexado ao já existente para estoque de perfis de alumínio.
Entre as últimas aquisições da empresa, em termos de maquinário, podem ser destacadas a compra de um centro de usinagem e de uma máquina de vidro duplo insulado de última geração da alemã Bystronic, totalmente automatizada.
Para Thiago, o sucesso da empresa também pode ser atribuído ao tratamento dado aos clientes. Ele explica: “Essa é outra questão que tratamos com muita seriedade no nosso trabalho, sempre a procura de atender, da melhor forma possível, os nossos clientes, e fazendo de tudo, às vezes virando noites nas obras para cumprir prazos. No âmbito dos serviços prestados, podemos dizer que a Paris é uma empresa que tem empatia por seus clientes; nós nos colocamos sempre no lugar deles.”
A empresa também investe continuamente no bem estar dos seus funcionários, com a realização de eventos, sendo que alguns contam com a participação das famílias. A responsabilidade social também está presente em várias ações da empresa, que patrocina a Escola de Samba Acadêmicos da Rocinha. Na mesma comunidade dá apoio estrutural a Cia Livre de Dança da Rocinha. A empresa também ajuda financeiramente o projeto de futebol Pró Futuro, presidido por Arthur Lopes e que consiste em ensinar o esporte para crianças e adolescentes, tirando- os das ruas e dos vícios. Em breve, a empresa retomará o seu projeto mais grandioso, denominado “Mãos do Futuro,” que tem como objetivo ensinar um ofício para os meninos, visando a formação de mão de obra para o mercado de trabalho.
Outro valor importante, agregado às soluções da Paris, é sustentabilidade, já que a empresa faz questão de comprar de fornecedores que possuem o selo verde e fez da sua sede um local agradável para se trabalhar, com árvores espalhadas por todos os lados, como mangueiras, videiras e muitas outras espécies, todas devidamente preservadas.