Retrofit usou pedaços de vidros laminados translúcidos na fachada do IBMR

Para adequar a antiga fachada de sua unidade localizada na Barra da Tijuca, com a imagem de um centro universitário moderno, o IBMR realizou um retrofit com a utilização de milhares de pedaços de vidros laminados translúcidos encapsulados com borracha de silicone.
A Avec Design, de São Paulo, que detém a patente dos vidros encapsulados com borracha de silicone, cuidou da parte da instalação na superfície total de 8.660 metros quadrados. Foram mil metros quadrados de brises de vidro apoiadas por ancoragens em aço inoxidável. Elas suportam a estrutura de alumínio anodizado que sustenta os vidros laminados opacos de 8 mm de espessura.
O IBMR é considerado um dos melhores centros universitários privados do município do Rio de Janeiro, segundo o MEC. Faz parte da Laureate International Universities, um dos maiores e mais renomados grupos privados de ensino do mundo.
O retrofit foi projetado pelos arquitetos chilenos Humberto Eliash e Alain Champignon. Este último, a revista Sincavidro entrevistou com exclusividade. Acompanhe:

Mil m² de brises de vidros foram usados no projeto | crédito: divulgação

O que se buscava quando o retrofit foi projetado?
Champignon: Queríamos fazer uma fachada unitária, abstrata e transparente que passaria a impressão de uma instituição moderna e contemporânea.
Quais os maiores desafios nesse projeto?
O maior desafio que tive foi manter a estrutura existente e a fachada, com o objetivo de capacitar, em curto espaço de tempo, as salas de aula.

O Retrofit foi projetado pelos arquitetos chilenos Humberto Eliash e Alain Champignon

Avec Design instalou vidros encapsulados com borracha de silicone em 8.660 m²

Por que foi utilizado o sistema de brise? Por que o vidro foi escolhido como material para esse brise?
O vidro translúcido é um bom elemento para proteger a sala de aula da luz solar direta, sem remover a luz interior. Trabalhamos a inclinação do declive e a distância do brises de modo a obter um filtro solar eficaz, incluído no início da manhã ou da tarde, quando o sol é baixo, mas que também permite ao aluno olhar para fora do interior da sala de aula .
Além da estética, foram pensadas as questões térmicas e de luminosidade?
Além do critério brilho mencionado acima, o revestimento de toda a fachada (janelas e paredes) com brise, também diminui o seu sobreaquecimento e, portanto, permite reduzir as despesas com o resfriamento do ambiente. Como a proteção do sol é colocada para fora, o aquecimento não chega às salas interiores. A proteção solar no telhado foi obtida por uma saliência grande e pela construção de um jardim e de uma horta.
O resultado final agradou os clientes?
Eles estavam muito felizes e agora podem usar o edifício como parte de sua nova imagem corporativa. A horta e o telhado verde, em relação direta com a gastronomia até motivou a criação de um novo curso, o de “eco-gastronomia”
Esse foi o primeiro trabalho executado no Rio de Janeiro?
Foi o primeiro, mas esperamos finalizar outros em São Paulo e no Rio. Atualmente estamos desenvolvendo projetos no Equador, Honduras e no Panamá.

A Laminar forneceu os vidros laminados para o projeto

Acredita que o Rio de Janeiro tem potencial para abraçar grandes projetos de várias partes do mundo?
Desde os anos 30, com a Art Deco e os primeiros edifícios modernos, o Rio tem sido um exemplo de arquitetura para o mundo e, especialmente, na América Latina. Para nós era muito importante ter a oportunidade de implantar nosso projeto nesta cidade. Por sua tradição cultural e seu apelo internacional o Rio tem um enorme potencial para criar novas linguagens e integrar diferentes pontos de vista da arquitetura neste mundo globalizado.
Há quanto tempo sua empresa atua no mercado brasileiro? Conte-nos um pouco sobre seu trabalho e de sua equipe.
Esta é a primeira vez que fazemos um projeto para o Brasil e não vai ser fácil repetir, porque no Brasil há outros bons arquitetos e profissionais em todas as especialidades.
Em nossa equipe há arquitetos chilenos, suíços, italianos e brasileiros. É uma equipe muito diversificada e multicultural, o que nos permite uma grande flexibilidade e capacidade de nos adaptar a diferentes situações.