Na prática, não há diferença entre serralheiro de alumínio e fabricante de esquadrias, pois ambos realizam o mesmo serviço: fabricam esquadrias. “O problema é que o nome “serralheiro ou serralheria” tem o rótulo de empresas pequenas, desorganizadas e com comportamentos inadequados. Para diferenciar destas, as empresas maiores dizem ser indústria, fabricante ou fábrica de esquadrias”, explica o professor Alexandre Araújo, do Canal do Serralheiro.
Assim, a diferenciação no nome se refere ao porte da empresa e não ao trabalho desenvolvido por um ou por outro. A apostila de curso de serralheria básica disponível no site da Alumidia faz a seguinte diferenciação:
Serralheria:  Empresa de micro e pequeno porte
Fábrica de Esquadrias:  Empresa de médio porte
Indústria de Esquadrias: Empresa de grande porte, ou Indústria de Esquadrias em Série (Padronizadas).
César Jaskonis, gerente de produtos da Belmetal, ressalta que a capacidade intelectual não depende do tamanho da empresa para ser percebida. “Os bons resultados técnicos e financeiros vêm através do conhecimento e da forma correta de empreender”, defende.

Esquadrias ou Caixilharia?
Todo caixilho é uma esquadria, mas nem toda esquadria é um caixilho. Isso porque a esquadria é uma definição genérica para toda estrutura desenvolvida para fechar um vão, já o caixilho é a identificação de cada peça por tipo e aplicação funcional do caixilho.
A apostila da Alumidia explica que, por exemplo, o mercado não entende a fachada como sendo caixilharia. Isso porque tanto a fabricação quanto a aplicação dela são diferentes da caixilharia convencional.
Os portões e guarda-corpos também, raramente, têm suas peças chamadas de caixilharias. O mais comum nesses casos é que as peças recebam o nome de “esquadrias de segurança”.
Para mais informações, você pode baixar a apostila completa e um livro sobre esquadrias no site: www.alumibras.com.br/downloads.php