Beleza e eficiência. Essas são as características da nova versão do Ebony DiamondGuard, identificada como versão 2.0, que além de ser dez vezes mais resistente a riscos do que os vidros comuns, possui uma leve transparência.

Guardian

Bar All Black projetado pelos arquitetos André Leite e Bruna Ximenes, na Casa Cor SP, leva o Ebony DiamondGuard 2.0 no balcão

Guardian“O Ebony DiamondGuard versão 2.0 é uma demanda do mercado. A Guardian ouviu lojistas, profissionais e consumidores que sempre tiveram a marca como referencial em produtos de interiores”, conta Juan Abreu, gerente de produtos de interiores da Guardian.
O Ebony DiamondGuard 2.0 é 100% nacional, fabricado em Porto Real (RJ), na linha de Coater. Com espessuras variadas de 10, 12, 15 ou 19 mm, ele é indicado exclusivamente para uso interno, onde aparece, principalmente, em tampos de mesa, aparadores e itens de design. “Esta nova versão traz como diferencial o fundo espelhado e semitransparente que oferece brilho e passagem de luz, favorecendo os atributos de decoração”, conta Juan Abreu ao explicar que essa evolução do Ebony DiamondGuard, agrega mais valor a linha Guardian de interiores.
A primeira versão do Ebony DiamondGuard foi lançada em 2008, quando o aspecto espelhado do vidro negro fez sucesso no mercado. Em 2012, ela saiu de linha e deu espaço para a segunda versão do Ebony, a qual foi apresentada na Glass South America deste ano, e teve suas aplicações práticas exibidas em três projetos da Casa Cor SP. Entre eles, estava o Bar All Black, projetado pelos arquitetos André Leite e Bruna Ximenes. O bar possui um grande balcão central com tampo feito com o Ebony 2.0, de 10 mm de espessura. A peça contribui para um ambiente intimista, moderno e aconchegante idealizado pelos arquitetos.